Determinação do fluxo volumétrico com correntômetro de hélice

Em canais com entradas curtas nas centrais elétricas de baixa pressão e em canais com superficie livre, pode ser realizada uma determinação da medição do fluxo volumétrico com correntômetro de hélice.
Messflügel 1

Determinação do fluxo volumétrico com correntômetro de hélice

Foi desenhada uma construção de estrutura regulável na altura. As ranhuras nas vigas do dique serviram-se como guia. Tais ranhuras são encontradas em muitas usinas de baixa pressão. As lâminas de medição são montadas sobre um perfil de gota. Para proteger as lâminas de medição e pela construção de cimento, o perfil de gota teve que ser colocado de forma ajustável para rodar no sentido do fluxo volumétrico.

O exemplo mostra que nós podemos fornecer para cada usina projetos e medições específicas, conforme as necessidades. A medição é realizada de acordo com as normas de realização do IEC (Comissão Eletrotécnica Internacional) Padrão 60041 "“Field acceptance tests to determine the hydraulic performance of hydraulic turbines, storage pumps and pump-turbines“. O cálculo do fluxo volumétrico é realizado de acordo com a ISO (International Organization for Standardization) Padrão 3354 “Measurement of clean water flow in closed conduits - Velocity-area method using current-meters in full conduits and under regular flow conditions“. Estes padrões são utilizados e reconhecidos em todo o mundo para testes de campo em máquinas hidráulicas. E em seguida, para se calcular a eficiência, é necessária a medição do rendimento elétrico, assim como a medição da altura da queda e da altura do bombeamento.

Propriedades da determinação do fluxo volumétrico com correntômetro de hélice:

  • eficiência absoluta
  • aplicável para bombas e turbinas
  • ilimitada no que diz respeito à altura da queda
  • medição direta do fluxo volumétrico